Foram encontrados, esta quarta-feira, possíveis restos mortais junto aos pertences de Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito.

Os investigadores encontraram aquilo que aparentam ser restos humanos, ao pé dos objetos pessoais, como uma mochila e um notebook, que pertencem a Brian Laundrie", avançou Michael McPherson, líder da equipa de investigação do FBI em Tampa, na Florida.

Estes objetos foram encontrados numa área que até há pouco tempo estava submersa, detalhou ainda o FBI, adiantando que as equipas de investigação forense vão permanecer no local "durante vários dias".

Sei que têm muitas perguntas, mais ainda não temos todas as respostas", afirmou Michael McPherson.

Brian Laundrie é suspeito de assassinar Gabby Petito, jovem norte-americana que morreu estrangulada, e que esteve vários dias desaparecida, entre 24 de agosto e 20 de setembro, dia em que foi encontrada numa floresta no Wyoming.

A família do jovem adiantou à imprensa, durante a tarde desta quarta-feira, que "alguns artigos" foram encontrados num sítio que Brian Laundrie costumava frequentar, o Parque Ambiental Myakkahatchee Creek, que fica perto da casa da família.

Segundo Steven Bertolino, advogado da família do suspeito, os pais de Gabby Petito informaram na terça-feira o FBI e as restantes autoridades de que queriam ir procurar o jovem naquele parque. Foi durante essa busca que foram encontrados alguns dos pertences de Brian Laundrie.

A jovem de 22 anos foi vista pela última vez no dia 24 de agosto quando estava a sair de um hotel em Salt Lake City. Ela falava regularmente ao telefone com os pais mas a partir de determinada altura passou a fazê-lo por mensagens. Os pais questionam se essas últimas mensagens terão sido realmente escritas pela filha. A última vez que Gabby entrou em contacto com os pais foi no final de agosto, quando o casal estava na área do Parque Nacional de Grand Teton, tendo sido aí que se iniciou a busca.

No dia 1 de setembro, Laundrie regressou a North Port com a carrinha de Gabby - uma van Ford Transit de 2012 - mas sem a namorada. 

No dia 11 de setembro, a família de Gabrielle participou o seu desaparecimento às autoridades. A polícia foi a casa de Brian Laundrie para tentar obter informações mas ele recusou-se a falar com a polícia e, pouco depois, saiu de casa com uma mochila, dizendo aos pais que ia passar uns dias na reserva natural.

Rafaela Laja