Onze pessoas morreram hoje num incêndio ocorrido numa habitação de madeira que abrigada trabalhadores migrantes na região de Tomsk, na Sibéria ocidental, disseram as autoridades.

De acordo com o Ministério das Situações de Emergência da Rússia, o incêndio começou pelas 04:00 (21:00 de segunda-feira em Lisboa).

"Os corpos de 11 pessoas foram encontrados" na habitação de cerca de 200 metros quadrados, indicaram, em comunicado.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

/ AM