Centenas de pessoas foram detidas pela polícia australiana em protestos em Melbourne e Sydney contra as medidas restritivas para conter a pandemia, informa a Reuters.

Os protestos resultaram em confrontos, que deixaram sete polícias feridos.

Em Melbourne, foram detidas 218 pessoas e a polícia teve de usar gás pimenta para travar os manifestantes. Foram ainda emitidas 236 multas por falta de cumprimento das medidas de saúde pública.

Em Sydney, 47 pessoas foram acusadas pela violação das medidas restritivas e resistência à detenção. Foram ainda emitidas 260 multas.

A Austrália, que tem cada vez mais cidades e estados em confinamento devido a novos surtos de covid-19, registou, nas últimas 24 horas, o maior aumento de casos num único dia: foram 894 este sábado.

Apenas um terço dos australianos com mais de 16 anos estão totalmente vacinados contra a covid-19.

Catarina Pereira