Duas crianças morreram e mais de 20 outras ficaram feridas na sequência de uma debandada registada na escola primária experimental três, em Puyang, na província de Henan, no centro da China, informou a agência oficial Xinhua.

De acordo com a agência, os estudantes estavam dentro de uma casa de banho, durante o intervalo da manhã, quando outros começaram a empurrar. A parede da casa de banho colapsou com a pressão dos alunos.

As causas do incidente estão a ser investigadas. As crianças feridas foram transportadas para um hospital próximo, algumas em estado grave.

Não é a primeira vez que ocorre algo deste tipo na China. Em 2013, quatro menores morreram numa debandada num colégio da província central de Hubei, desencadeada pelo pânico instalado na sequência do desmoronamento de um muro num dormitório.