Três suspeitos de terrorismo foram detidos, esta quarta-feira, em Espanha, numa operação antiterrorista levada a cabo pela Polícia Nacional e Mossos de Esquadra em Valência e Roda de Ter.

Segundo um tweet do Ministério do Interior, um homem de nacionalidade marroquina, de 45 anos, foi detido em Benetússer, Valência, por tentar angariar angariar pessoas para o Daesh através das redes sociais.

De acordo com o El Mundo, o suspeito detido em Valência era um membro ativo do Estado Islâmico e as suas atividades eram consideradas uma ameaça real para a segurança pública.

O homem tinha vários perfis virtuais, com nomes ligados aos jihadistas, onde publicava várias mensagens de apoio ao Estado Islâmico. O suspeito encontrava-se ainda perfeitamente integrado na comunidade muçulmana da sua área de residência.

Por sua vez, os Mossos de Esquadra encontram-se em Roda de Ter, Osana (Barcelona), onde já detiveram duas pessoas por suspeitas de relação com os jihadistas. Os suspeitos, marroquinos, de 26 e 37 anos, foram detidos por se dedicarem à angariação de pessoas para o Estado Islâmico através das redes sociais.

No entanto, a polícia descarta a possibilidade que que os dois homens estivessem a preparar um atentado. 

Andreia Miranda