Um português que estava a viajar pela Índia morreu no sábado, no estado do Rajastão, devido a um acidente de viação, confirmou à Lusa fonte da secretaria de Estado das Comunidades.

A mesma fonte adiantou que o homem "viajava em grupo com pessoas amigas" e que a ocorrência está a ser acompanhada pela Embaixada de Nova Deli que está em contacto com a família do cidadão e com as autoridades indianas.

O caso foi noticiado pelo diário indiano Business Standard, segundo o qual o homem, de 30 anos, seguia de mota quando foi abalroado por um autocarro que seguia a grade velocidade, no distrito de Rajmasand, perto da localidade de Barar.

De acordo com o jornal, o condutor do autocarro perdeu o controlo do veículo ao dar uma curva e atingiu a motorizada.

Oito passageiros ficaram também feridos.