Um avião da Pakistan International Airlines (PIA) despenhou-se esta sexta-feira junto ao aeroporto de Karachi, no Paquistão, avança a imprensa local. 

Segundo a agência Reuters, que cita um porta-voz da companhia aérea, o avião tinha a bordo 99 pessoas e despenhou-se numa área residencial da cidade de Karachi, uma das mais populosas do país.

Segundo as agências internacionais, o avião tinha partido de Lahore com destino a Karachi e caiu nos subúrbios da cidade, a cerca de três quilómetros do aeroporto de Jinnah, no bairro de Model Colony.

As autoridades começaram por referir que o avião tinha 107 pessoas a bordo, confirmando mais tarde que, afinal, seguiam 91 passageiros e oito membros da tripulação (99 pessoass) no aparelho.

O avião despenhou-se em Karachi. Estamos a tentar confirmar o número de passageiros, mas à partida serão 99 passageiros e oito membros da tripulação", disse também à AFP Abdul Sattar Khokhar, porta-voz da autoridade da aviação do Paquistão.

Nas redes sociais, foram partilhados vídeos que mostram uma densa coluna de fumo sobre uma zona de prédios. As imagens terão sido captadas pouco depois do acidente.

O exército paquistanês já enviou para o local a brigada de ação rápida, para auxiliar as equipas de resgate na tentativa de encontrar sobreviventes do acidente.

O acidente acontece poucos dias depois de o Paquistão ter permitido que fossem retomados os voos comerciais, após o confinamento devido à pandemia de Covid-19.

Em 2016, um avião da Pakistan International Airlines, a  mesma companhia daquele que se despenhou esta sexta-feira, incendiou-se quando viajava do norte do Paquistão para Islamabad, provocando a morte a 47 pessoas.

Bárbara Cruz