O Brasil decidiu autorizar a residência temporária de milhares de venezuelanos que entrem no território nacional, escapando da crise político-económica que afeta a Venezuela.

A residência que foi autorizada pelo Conselho Nacional de Imigração (CNI) entrou em vigor na última quarta-feira, segundo um comunicado divulgado pelo Ministério Público Federal (MPF).

O documento explica que a medida responde a uma recomendação encaminhada por aquele organismo, pela Defensoria Pública da União e pelo Ministério Público do Trabalho, "com vistas a soluções jurídicas e sociais para a situação dos venezuelanos que têm chegado ao país".

Veja também: