Cadáveres de 28 hipopótamos foram encontrados no Parque Nacional Gibe Sheleko, que atravessa o Rio Gibe, na Etiópia, esta segunda-feira. A causa da morte dos animais permanece envolta em mistério.

Behirwa Mega, diretor do parque, disse à FANA que todos os hipopótamos terão morrido entre os dias 14 e 21 de abril, mas que ainda é desconhecida a causa das mortes.

O Parque Nacional Gibe Sheleko foi criado em 2011 e acolhe cerca de 200 hipopótamos, numa área que se estende por 36 mil quilómetros quadrados.

Os hipopótamos estão na lista das espécies da em vias de extinção da União Internacional para a Conservação da Natureza. De acordo com a CNN, estima-se que haja entre 115 mil e 130 hipopótamos em todo o mundo.

Estes animais estão a ser ameaçados pela caça furtiva, perda de habitats, desflorestação e poluição.