O ministro da Saúde do Reino Unido anunciou, esta quarta-feira, que foram encontrados dois casos de uma outra variante do coronavírus ainda "mais transmissível"

Esta nova variante é altamente preocupante porque é ainda mais transmissível e parece ter sofrido mais mutações do que a nova variante que já tinha sido descoberta no Reino Unido", disse Matt Hancock.

De acordo com a Sky News, os casos têm ligações à África do Sul. Todas as pessoas que estiveram em contacto com os portadores desta nova variante foram obrigados a ficar em quarentena. 

Já estão a ser agilizadas restrições para viagens para a África do Sul. 

No último sábado, as autoridades de saúde do Reino Unido confirmaram que foi identificada no país uma mutação da covid-19 que tem tendência a propagar-se mais rápido, o que aumenta a velocidade de contágio.

O conselheiro médico do governo, Chris Witty, afirmou que estava a ser feita uma investigação para se determinar se esta nova mutação poderia ser mais mortal.

As autoridades britânicas já alertaram a Organização Mundial de Saúde e continuam a analisar os dados que vão chegando aos laboratórios para um melhor entendimento da situação.

Cláudia Évora