A pandemia de Covid-19 já matou 193.930 pessoas e infetou quase 2,8 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, às 19:00 TMG desta sexta-feira, baseado em dados oficiais.

Segundo os dados recolhidos até às 19:00 TMG (20:00 em Lisboa), 2.770.750 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 193 países e territórios desde o início da pandemia, em dezembro de 2019, na província chinesa de Wuhan.

A AFP alerta, contudo, que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total real de infeções, com um grande número de países a testar apenas os casos que requerem tratamento hospitalar. Entre esses casos, pelo menos 736.800 são agora considerados curados.

Desde as 19:00 TMG de quinta-feira foram registados em todo o mundo 4.801 novas mortes e 74.168 novos casos.

Nas últimas 24 horas, os países com mais óbitos são o Reino Unido, com 684 novas mortes, os Estados Unidos (601) e a Itália (420).

Os Estados Unidos, que tiveram a sua primeira morte ligada ao coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de mortes e de casos, com 50.360 óbitos em 884.004 casos. Pelo menos 81.338 pessoas foram declaradas curadas pelas autoridades de saúde norte-americanas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são Itália, com 25.969 mortes, em 192.994 casos, Espanha, com 22.524 mortes (219.764 casos), França, com 22.245 mortes (159.828 casos) e o Reino Unido com 19.506 mortos (143.464 casos).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou oficialmente um total de 82.804 casos (seis novos entre quinta-feira e hoje), incluindo 4.632 mortes e 77.257 curas.

Desde quinta-feira às 19:00 GMT, a Serra Leoa anunciou as primeiras mortes relacionadas com o vírus.

A Europa totalizava às 19:00 GMT de hoje 119.211 mortes, para 1.329.695 casos, os Estados Unidos e o Canadá 52.689 mortes (927.543 casos), a Ásia 7.664 mortes (188.320 casos), a América Latina e Caribe 6.815 mortes (142.389 casos), o Médio Oriente 6.122 mortes (146.298 casos), África 1.326 mortes (28.542 casos) e a Oceânia 103 mortes (7.964 casos).

Esta avaliação foi realizada usando dados coletados pelos escritórios da AFP junto de autoridades nacionais e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Portugal contabiliza 854 mortos e 22.797 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde sobre a pandemia.

Portugal é o 16.º país com mais infetados e o 17.º em número de mortos.

. / CM