Os deputados britânicos votaram, esta segunda-feira, a favor da retirada do controlo sobre as negociações do Brexit ao governo liderado por Theresa May. É uma decisão sem precedentes na história da democracia britânica, os deputados ainda estão reunidos na Câmara dos Comuns. 

Oliver Letwin, membro do partido de Theresa May, foi o responsável por redigir a emenda aprovada por 329 deputados. O objetivo é encontrar uma maioria no parlamento para aprovar uma saída diferente para o Brexit. 

O parlamento britânico aprovou ainda uma proposta que força a realização de um debate na quarta-feira para uma série de votos sobre diferentes alternativas para o processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

A proposta foi aprovada por 329 votos contra 302, uma margem de 27 votos.

O governo opunha-se à proposta e o secretário da Economia, Richard Harrington, demitiu-se para ter liberdade de votar a favor.

A proposta interpartidária, encabeçada pelo conservador Oliver Letwin, dá ao parlamento precedência sobre o governo para estabelecer a agenda parlamentar no sentido de "debater e votar caminhos alternativos".