Uma adolescente com a "doença de Benjamin Button", cujo corpo "envelheceu" até aos 144 anos de idade, morreu semanas depois de ter completado 18 anos.

Ashanti Smith, que vivia em West Sussex, na Inglaterra, sofria da síndrome rara de Hutchinson-Gilford Progeria, o que fazia que a cada ano envelhecesse oito anos.

 Embora a doença tenha afetado a sua mobilidade, não afetou mais nada. Não afetou o seu coração ou a sua força de vontade. Toda a gente amava e adorava aquela menina. Ela tocava os nossos corações com a sua imensa força de vontade",  expressou a mãe, Phoebe Louise Smith, citada pelo jornal inglês Daily Mail.

A adolescente faleceu ao lado da mãe, do pai e de uma amiga.

Mãe, eu amo-te, mas tens de me deixar ir", foram as últimas palavras de Ashanti Smith.

Na segunda-feira, a família prestou homenagem a Ashanti através do lançamento de 150 balões de hélio e de fogo de artifício. 

No funeral da menina, a mãe espera que haja cavalos brancos, penas, bandeiras LGBT e coisas relacionadas com a banda BTS, já que Ashanti era uma grande fã da banda K-Pop.

/ IC