O presidente de Moçambique, Filipe Nyus, anunciou, esta quarta-feira, que o Papa Francisco vai visitar o país. Segundo porta-voz da Igreja, a deslocação está prevista ocorrer entre 4 e 6 de setembro. 

A visita do Papa Francisco ao nosso país é a segunda de um sumo pontífice a Moçambique. Trinta anos depois de Papa João Paulo II nos ter honrado com a sua histórica  presença que ajudou os moçambicanos a encontrar o caminho da paz, reconciliação e irmandade" disse.

O anúncio foi feito enquanto Filipe Nyus fazia uma comunicação ao país. 

A presença do Santo Padre ocorre no momento em que os moçambicanos aprofundam o diálogo permanente como única via para o alcance de uma paz definitiva. O Papa Francisco sempre pugnou pelo bem-estar e pela paz em Moçambique e no mundo inteiro" acrescentou.

Moçambique está a atravessar um dos períodos mais complicados da história do país depois da passagem do ciclone Idai, que já provocou 468 vítimas mortais e afectou 803.984 pessoas.