Quatro esquiadores de fundo alemães morreram depois de serem arrastados por uma avalanche no cantão suíço de Valais, perto do glaciar de Aletsch, o maior dos Alpes, revelou a rede nacional de televisão suíça RTS.

As vítimas foram surpreendidas pelo aluimento na sexta-feira e os seus cadáveres foram encontrados na tarde de sábado por equipas de resgate na região de Grünhornlücke, na comuna de Fieschertal, informou hoje a polícia do cantão.

Os esquiadores estavam a realizar uma travessia a uma altura superior a 3.000 metros para alcançar um popular refúgio perto de Aletsch, uma zona muito turística da Suíça.

Quando não chegaram ao refúgio, o responsável deu o alerta e iniciou-se a operação de busca, que se atrasou devido ao temporal que se verifica na zona.

A polícia informou que as vítimas ainda não foram formalmente identificadas.

As vítimas contavam com equipas de deteção de avalanches, informou a RTS, que também assinalou que os aluimentos de neve causaram nesta temporada, até agora, 15 mortos na Suíça.