Morreu, esta quarta-feira, o astronauta norte-americano Michael Collins, aos 90 anos. A notícia foi avançada em conjunto pela família e pela NASA.

Michael Collins, juntamente com Buzz Aldrin e Neil Armstrong, foi um dos primeiros astronautas a chegar à Lua em 1969. 

Foi piloto do módulo de comando e, na missão que levou o homem à Lua pela primeira vez, foi o responsável por permanecer em órbita, no momento em que Aldrin e Armstrong caminhavam na superfície lunar.

Sempre enfrentou os desafios da vida com graça e humildade, e enfrentou este, o desafio final, da mesma forma", escreveu a família Collins no Twitter.

Sublinharam a sua inteligência “aguçada”, mas também o sereno “sentido de dever e o olhar de sabedoria adquirido ao retornar à Terra do espaço e ao observar as águas calmas do seu barco de pesca".

Buzz Aldrin, último membro vivo da missão Apollo 11, lembrou deixou uma mensagem ao colega: "Meu caro Mike, onde quer que tenhas ido, terás sempre a chama para nos transportar com habilidade a novos céus e ao futuro. Sentiremos a tua falta. Descansa em paz".

Cláudia Évora