Pelo menos uma criança morreu após ter sido esfaqueada, esta terça-feira, num ataque no Japão, que causou ferimentos em pelo menos outras 17 pessoas, entre as quais 13 estudantes menores, segundo os ‘media’ locais.

O ataque ocorreu às 08:00 locais (24:00 em Lisboa) em Kawasaki, arredores de Tóquio, e o agressor também morreu, de acordo com a cadeia de televisão pública NHK.

As autoridades ainda não confirmaram as mortes, mas informaram que pelo menos duas pessoas, entre elas uma criança, tiveram paragem cardiorrespiratória, uma descrição que a polícia nipónica costuma utilizar antes de confirmar oficialmente a morte das mesmas.

Não foram para já esclarecidas as razões que motivaram o ato de violência.

Entre os feridos encontra-se "uma mulher de 40 anos e três crianças de 6 anos que sofreram ferimentos graves, principalmente na cabeça e no pescoço", disse à agência de notícias France-Presse uma fonte hospitalar.

Os feridos “serão submetidos a uma operação e transferidos para uma unidade de cuidados intensivos", acrescentou.

O homem, entre os 40 e os 50 anos, atacou com uma faca as pessoas numa paragem de autocarro.