Itália passou, nesta quarta-feira, a barreira dos 25.000 mortos por Covid-19, segundo o último balanço das autoridades.

De acordo com a proteção civil italiana foram registados mais 437 óbitos relativamente ao dia anterior, o número mais baixo dos últimos três dias, elevando o total para 25.085.

Os novos casos também subiram consideravelmente nas últimas 24 horas, para 3.370, tratando-se do maior aumento desde 18 de abril, no entanto, o número de infetados continua a baixar, situando-se agora nos 107.699, descida que também se verifica pelo terceiro dia consecutivo.

No total, desde que o surto surgiu em Itália, 187.327 pessoas foram infetadas com o vírus. Destas, 54.543 já recuperaram da doença, 2.943 nas últimas 24 horas.

Nos hospitais permanecem internados 23.805 pacientes, 2.384 dos quais estão nos Cuidados Intensivos (menos 87 que na véspera). Os restantes 81.510 recuperam nas suas casas.

Itália é o segundo país do mundo com mais mortes, a seguir aos Estados Unidos, e o terceiro em número de contágios, atrás de EUA e Espanha.

Catarina Machado