Um incêndio de grandes proporções atingiu um depósito da Cinemateca Brasileira, na zona oeste da cidade de São Paulo, na noite desta quinta-feira.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de São Paulo, o incêndio começou por volta das 18:00 (22:00 em Lisboa) e atinge um prédio no bairro da Vila Leopoldina que funciona como depósito da instituição cultural.

Nas redes sociais estão a ser partilhados vários vídeos que mostram a dimensão do fogo. Foi o que fez Ciro Gomes, antigo ministro brasileiro.

Os bombeiros informaram que não há vítimas no local em uma série de mensagens publicadas na rede social Twitter.

Os média locais estão a exibir imagens do local a arder, numa zona usada para armazenar rolos de filmes de 35 mm e 16 mm, um material muito inflamável.

Onze carros do Corpo de Bombeiros foram enviados para combater o fogo.

Em 2016 o mesmo local foi atingido por um incêndio que, à época, destruiu 500 obras cinematográficas.

No ano passado um temporal alagou o mesmo depósito da Cinemateca Brasileira e parte do acervo foi comprometido.

Agência Lusa / publicado por António Guimarães