A empresa norte-americana Carrier, que fabrica aparelhos de ar condicionado, anunciou que desistiu de deslocalizar mil postos de trabalho para o México após uma negociação com o Presidente eleito dos EUA, Donald Trump.

Temos o prazer de ter chegado a um acordo com o Presidente eleito Trump e o vice-presidente-eleito [Mike] Pence para conservar perto de mil empregos" em Indianápolis, no estado do Indiana, onde Pence era governador, anunciou a empresa na terça-feira, através do Twitter.

Os termos do acordo não são conhecidos.

A Carrier tinha anunciado a intenção de deslocalizar 1.400 postos de trabalho para o México até 2018.

Redação / STS