O primeiro-ministro italiano prepara-se para apresentar a demissão na manhã desta terça-feira, segundo confirma uma nota publicada pelo governo. Giuseppe Conte deverá formalizar a decisão ao presidente da república após o Conselho de Ministros, que está marcado para as 9:00 locais (menos uma hora em Lisboa).

Como base para a decisão estará a perda de maioria no Senado, quando o partido Italia VIa, do antigo chefe de governo Matteo Renzi, saiu da coligação que suportava o executivo, decisão motivada pela crise da covid-19 e pela recessão económica.

Escreve a agência Reuters que o objetivo de Giuseppe Conte é que o presidente Sergio Mattarella lhe conceda um novo mandato, no qual poderá formar um novo governo, que terá de ser suportado por uma nova maioria parlamentar.

Giuseppe Conte vai informar os ministros das suas intenções de demissão. Depois reunir-se-à com o presidente", pode ler-se na nota do governo.

Itália tem sido um país particularmente instável a nível político. Desde a Segunda Guerra Mundial que o país já teve 66 governos diferentes.

Giuseppe Conte está no cargo de primeiro-ministro desde 2018.

António Guimarães