Vários passageiros da Spirit Airline envolveram-se hoje numa luta, no aeroporto da Flórida, depois de verem os seus voos serem cancelados ou adiados.

Tudo aconteceu no Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale-Hollywood e estes foram os últimos cancelamentos entre centenas que se têm vindo a registar ao longo das últimas semanas.

Os vídeos do que aconteceu tornaram-se virais nas redes sociais e mostram o caos que se instalou juntos aos balcões da companhia.

Três pessoas foram presas por ameaças a funcionários da companhia, desafiando-os a lutar, e por serem considerados pela polícia os impulsionadores do conflito.

Long delay/cancellation? For only $12/pp Upgrade to Spirit Airlines new Fight Club Class *certain restrictions applypic.twitter.com/paSoD7TeQS

— 🌹Νia👌 (@nia4_trump) 9 de maio de 2017

Passengers Brawl in Florida Airport After Spirit Airlines Cancels Flights. Check out additional footage: https://t.co/QNWScOsRBxpic.twitter.com/jHDIBShPHk

— CitizenSlant (@CitizenSlant) 9 de maio de 2017

Just witnessed police brutality at Fort Lauderdale airport @SpiritAirlines trying to get back to NYC...i'm tired its 2017 pic.twitter.com/3UHGUqCuwm

— Brionka Halbert (@brionkahalbert) 9 de maio de 2017

Ao todo, foram cancelados 11 voos e adiados 31, segundo dados da FlightAware.

O porta-voz da Spirit Airline, Paul Berry, disse, em comunicado, estar chocado e triste com o que se passou e responsabilizou os pilotos da companhia por se encontrarem em greve.

/ CB