O parque de Morisset, em Nova Gales do Sul, na Austrália, recebe todos os dias milhares de turistas para ver e tirar fotografias aos cangurus que ali habitam. Apesar dos avisos para não alimentar os animais, os turistas insistem em oferecer comida aos cangurus, que acabam por se tornar perigosos e até violentos quando vêm comida. Na última semana, o parque voltou a emitir um aviso para os perigos e divulgou imagens de alguns turistas feridos. 

Segundo o parque, são cada vez mais as pessoas a dar entrada nos hospitais com ferimentos no corpo provocados pelos cangurus. Os casos partilhados nas redes sociais mostram lesões graves e profundas, que resultam de aproximações perigosas por parte dos turistas, que querem tirar a melhor fotografia.

Além disso, as pessoas insistem em brincar com os animais, oferecendo-lhes comida, apesar dos inúmeros avisos à porta para não o fazerem. 

 

De acordo com a BBC, o fenómeno já obrigou à intervenção de um político local, Greg Piper, que afirma que os turistas precisam de ser "educados".

O deputado afirma ainda que os casos têm aumentado nos últimos tempos, muito por culpa das redes sociais que informam quais são os melhores sítios para conseguir a "selfie" perfeita com um canguru. 

Embora os cangurus sejam engraçados, eles também são capazes de provocar ferimentos", alertou Greg Piper, acrescentando que "as pessoas têm de perceber que os cangurus são animais selvagens e, por isso, têm de ser tratados como tal."