Aconteceu na manhã da passada sexta-feira na estação de Argüelles, em Madrid: sem nenhuma discussão préviou ou algo que o fizesse prever, um homem deu um pontapé nas costas de outro que aguardava a chegada do metro, precisamente na altura em que o comboio entrava na plataforma, atirando-o para os carris. 

Os passageiros que esperavam o metro de imediato imobilizaram o agressor e procuraram socorrer a vítima, um jovem de 23 anos que acabaria por sair quase ileso, apenas com ferimentos ligeiros, apesar de ter ficado debaixo da carruagem. Foi ainda assim transportado para o hospital, enquanto a polícia foi chamada para deter o autor da agressão.

Segundo o El País, trata-se de um brasileiro, que foi conduzido a uma esquadra e detido, podendo agora ser acusado de tentativa de homicídio. Vítima e agressor não se conheciam.

O homem de 27 anos, identificado como Bruno, terá antecedentes criminais e, nas últimas semanas, envolveu-se em várias altercações na região de Madrid, tendo nomeadamente agredido o proprietário de um bar por este se ter insurgido quando começou a destruir-lhe o mobiliário do estabelecimento.

Fontes policiais citadas pelo El País acreditam que o brasileiro sofra de algum tipo de transtorno psiquiátrico. Será presente a um juiz este sábado, que deverá decretar-lhe prisão preventiva, referem as mesmas fontes.