Três pessoas morreram e 69 estão desaparecidas na sequência de um incêndio que deflagrou durante noite a bordo de um 'ferry' no sul das Filipinas, com pelo menos 174 pessoas a bordo, segundo um novo balanço das autoridades.

Desconhecem-se até ao momento as causas do incêndio que deflagrou no Lite Ferry 16, que transportava 136 passageiros e 38 tripulantes, sendo que 102 pessoas foram já resgatadas com vida, informou a guarda costeira filipina.

As operaçãos de resgate estão a enfrentar dificuldades devido aos fortes ventos e às correntes marítimas.

O barco viajava entre as cidades de Cebu e Dapitan, no centro e sul do país.

Os ferries são um meio de transporte comum no arquipélago filipino e os acidentes mortais devem-se sobretudo à sobrelotação e às fracas condições de segurança e de manutenção.