Pelo menos três pessoas morreram e 79 estão desaparecidas após uma explosão ter causado o desabamento parcial de um prédio de nove andares na cidade de Magnitogorsk, em Chelyabinsk, na Rússia.

Segundo a AFP, as autoridades suspeitam que o desabamento tenha sido causado por uma explosão de gás.

No prédio vivem mais de mil pessoas, não se sabendo quantas estavam no edifício quando este desabou. O desabamento aconteceu durante a madrugada, altura em que a maioria dos moradores estava a dormir e as autoridades temem que o número de vítimas aumente.

"As vítimas podem estar sob os escombros, em casas de familiares ou de férias", afirmou Oleg Klimov, vice-presidente de Chelyabinsk, aos jornalistas.

Por ordem do presidente Vladimir Putin, a ministra da Saúde, Veronika Skvortsova, e o ministro para Situações de Emergência, Yevgeny Zinichev, viajaram de imediato para Magnitogorsk para coordenar as operações de resgate.