Um homem morreu de forma inesperada depois de ter sido atacado por um enxame de abelhas enquanto cortava a relva do seu quintal. O episódio aconteceu em Breckenridge, no estado norte-americano do Texas.

A vítima tinha 70 anos e foi atacada por um conjunto de abelhas africanizadas, comumente conhecidas como "abelhas assassinas".

O caso foi confirmado pelo departamento de bombeiros da cidade, que acorreu de imediato ao local. Quando chegaram, em conjunto com a polícia, depararam-se com aquilo que descreveram como uma "atividade de abelhas muito agressiva".

Breckenridge Fire Department was dispatched to a Bee attack this afternoon on Water District road 214. Stephens County...

Publicado por Breckenridge Fire Department em  Segunda-feira, 26 de abril de 2021

O homem foi picado de forma muito grave, e acabou por entrar em paragem cardíaca. Os socorristas ainda tentaram as manobras de reanimação, mas o óbito foi declarado no local.

Fizémos tudo o que podíamos para ter um resultado positivo, mas uma série de problemas levaram à tragédia e a pessoa não sobreviveu ao ataque", informaram os bombeiros.

Apesar de não terem conseguido salvar o homem, os bombeiros foram bem-sucedidos em resgatar a mulher. O ato heróico foi de um bombeiro em particular, que despiu o fato para que a mulher o pudesse vestir, ficando assim protegida das picadas.

De seguida, bombeiros e polícia foram de porta em porta avisar para o sucedido, pedindo à população que tivesse cuidado. Mais tarde, um apicultor que vive na zona acabou por disponibilizar os meios necessários para colocar as abelhas numa colmeia improvisada. Posteriormente, as autoridades acabaram por exterminar a colmeia, matando as abelhas.

A colmeia original estava localizada no interior de uma árvore. A dimensão do enxame era tal, que o especialista que tratou do assunto teve de rachar o tronco ao meio para conseguir tirar tudo.

António Guimarães