O Comando Central dos Estados Unidos (Centcom) revelou as primeiras imagens do raide que culminou na morte do líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, no passado sábado.

Imagens a preto e branco, partilhadas através do Twitter, mostram as tropas norte-americanas no complexo onde o líder do grupo terrorista se escondia.

Al-Baghdadi acabou por escapar para um túnel, onde detonou um explosivo que o matou, e a dois dos seus filhos, segundo informações reveladas pela inteligência norte-americana. Inicialmente, as informações apontavam para a morte de três filhos.

O general do Centcom, Kenneth McKenzie, afirmou que os edifícios do complexo foram destruídos e que a área parecia um "parque de buracos".

O plano passou por evitar uma deteção por parte do Estado Islâmico, antes e durante a operação", afirmou Frank McKenzie.