Pelo menos 99 pessoas morreram e dezenas de outras ficaram feridas na sexta-feira à noite devido a uma explosão de um depósito de combustível na zona industrial de Freetown, capital da Serra Leoa, na África Ocidental, foi hoje anunciado.

A explosão aconteceu quando um camião que transportava combustível colidiu com outro veículo num cruzamento movimentado em Wellington, um subúrbio da cidade, segundo a BBC. O acidente terá ocorrido cerca de 22.00. Depois do acidente, várias pessoas aproximaram-se do camião para recolher o combustível que tinha vazado, tendo ficado feridas quando o depósito explodiu. De acordo com a BBC, haverá ainda mais 30 pessoas feridas que não deverão sobreviver.

O presidente Julius Maada Bio disse que estava "profundamente perturbado pelos trágicos incêndios e pela terrível perda de vidas". Num tweet, garante que o seu governo fará "de tudo para apoiar as famílias afetadas".

A presidente da câmara de Freetown, Yvonne Aki-Sawyerr, afirmou no Facebook ter visto fotos "angustiantes", mas disse que a escala dos danos ainda não estava clara. Há  "rumores de que mais de 100 pessoas perderam suas vidas", embora ainda não haja um número oficial de mortos.

Maria João Caetano / Com Lusa - notícia atualizada às 11.10