Um rapaz de 13 anos ficou sem as duas pernas depois de ter sido atropelado entre estações no metro de Madrid. O incidente aconteceu no domingo, quando o menor, que viajava entre carruagens, caiu da composição.

Segundo as autoridades, as imagens das câmaras de vigilância mostram que o metro já tinha fechado as portas e estava a sair da estação de Sierra de Guadalupe, quando o rapaz subiu para a ligação entre as duas carruagens. Caiu cerca de 30 metros mais à frente, já dentro do túnel, sem que o condutor se apercebesse.

Já com as pernas amputadas, e ainda dentro do túnel, o rapaz rastejou entre os carris para se conseguir desviar de outro comboio. Quando conseguiu chegar a um poço de ventilação gritou por ajuda e acabou por ser ouvido por uma pessoa que estava na rua e que chamou os serviços de emergência.

O menor foi retirado do local ainda consciente, mas em estado grave, e levado de urgência para o hospital espanhol La Paz.

Fontes hospitalares informaram que o rapaz continua internado sem adiantarem mais pormenores.

Ao jornal EL PAÍS, fontes policiais contaram que o rapaz estava com amigos e que não era a primeira vez que faziam aquilo.

O metro de Madrid já abriu uma investigação.

No mesmo, na rede social Twitter, uma utilizadora partilhou um vídeo alertando para a presença de dois rapazes na ligação entre duas carruagens na estação de Portazgo, na mesma linha. Ainda não se sabe se algum dos rapazes filmados seria a vítima.