Uma colisão entre dois autocarros provocou pelo menos 47 mortos e 70 feridos esta quinta-feira, no Zimbabué.

Os dois veículos, que circulavam em direções opostas, colidiram perto da cidade de Rusape, a cerca de 170 quilómetros da capital Harare.

O porta-voz da polícia, Paul Nyathi, afirmou que o balanço divulgado é provisório e que o número de mortos ainda pode vir a aumentar.

Segundo o jornal estatal Herald, há pelo menos duas crianças entre os mortos.

De acordo com o mesmo jornal, o número de mortos já excedeu a capacidade da morgue do hospital da pequena cidade de Rusape, que apenas consegue acomodar 16 corpos.

Testemunhas no local afirmam que o acidente aconteceu após uma ultrapassagem mal calculada. O condutor de um dos autocarros estava a tentar ultrapassar um camião de mercadorias quando invadiu a faixa contrária e colidiu com o outro autocarro. O indivíduo sobreviveu, mas terá fugido do local.

Os acidentes com autocarros são frequentes no Zimbabué. Muitas vezes, os condutores arriscam circular a grande velocidade para que as empresas de transporte possam realizar mais viagens por dia.