Um rapaz irlandês de seis anos, que conquistou o coração dos telespectadores ao compartilhar os seus sonhos de integrar numa missão espacial, atraiu a atenção da NASA que olha para a criança como uma inspiração.

Adam King apareceu no programa The Late, Late Toy Show da Irlanda, na sexta-feira, onde falou da esperança que tem em trabalhar no posto de controlo da agência espacial quando crescer.

O estudante, que tem uma doença óssea metabólica, recebeu mensagens de apoio de astronautas de alto nível e de agências espaciais dos Estados Unidos e da Europa.

Mal podemos esperar por ele juntar-se a nós um dia”, afirmou a NASA na rede social Twitter.

 

 

Adam foi um dos vários - e muito jovens - convidados que apareceram na edição especial de Natal do programa de televisão mais antigo da Irlanda.

O programa é uma tradição anual em muitas famílias irlandesas, onde as crianças são convidadas a testar os brinquedos e gadgets mais recentes, oferecendo as suas masi honestas críticas.

Adam, natural de County Cork, tornou-se a estrela do programa deste ano quando falou sobre suas ambições profissionais.

O que queres ser quando cresceres?”, perguntou o apresentador do programa Ryan Tubridy.

 

Quero ser CAPCOM na NASA”, disse Adam, explicando que os seus sonhos envolvem coordenar as comunicações entre os astronautas e a missão de controlo em Terra.

Questionado sobre se alguma vez desejou ser astronauta, Adam explicou que a fragilidade dos seus ossos não lhe permite sonhar tão alto.

Partes do programa foram amplamente partilhados nas redes sociais e chegaram mesmo à agência espacial norte-americana que disse que o coração bondoso e aventureiro de Adam é algo que lhes inspira.

Há espaço para todos na NASA e mal podemos esperar que um dia o Adam se junte à nossa equipe de sonhadores. Estaremos aqui quando ele estiver pronto", disse a NASA no Twitter.

A presença de Adam no programa também motivou aplausos do astronauta canadiano Chris Hadfield que disse que adorava discutir a vastidão do espaço com a criança.

 


 

Adam - eu tive a sorte de ser CAPCOM em muitos voos espaciais. Devíamos conversar sobre o espaço juntos", escreveu Hadfield no Twitter.

Adam é um ex-paciente do Hospital Infantil de Temple Street em Dublin, e durante programa, reencontrou-se com o porteiro do hospital, John Doyle.

Adam tem um sorriso tão contagiante que mesmo o planeta mais escuro se ilumina", disse Doyle, sublinhando que o rapaz tem a capacidade de trazer o melhor de cada pessoa. “È simplesmente inacreditável”.