Vários civis morreram, este domingo, em Cabul na sequência de uma explosão junto da mesquita de Id Gah, a segunda maior da cidade, indicou um alto responsável talibã na rede social Twitter.

“Uma explosão atingiu esta tarde uma reunião civil, perto da entrada da mesquita de Id Gah em Cabul, matando várias pessoas”, disse o porta-voz do governo, Zabihullah Mujahid, sem dar mais detalhes.

A bomba explodiu quando se realizava uma missa em memória da mãe do porta-voz, afirma a agência de notícias AP.

Até agora ainda não foi reivindicada a autoria do ataque.

Já a agência Reuters, que também cita uma fonte taliban, apesar de não haver número oficial de vítimas, terão morrido, pelo menos, duas pessoas e três terão ficado feridas. Ao que tudo indica, todas as vítimas são civis, avança ainda a Reuters.

Desde a posse dos talibãs no Afeganistão, em meados de agosto, têm aumentado os ataques do grupo terrorista Estado Islâmico, que mantém forte presença na província oriental de Nangarhar e considera os talibãs como inimigos.



 

Redação / PP