Um intérprete afegão matou a tiro dois soldados norte-americanos, noticia este sábado a agência Reuters.

Um responsável militar dos EUA, que fez esta revelação, explicou que o atacante não se trataria de um militante talibã, mas antes de um funcionário descontente.

Anteriormente, a NATO havia adiantado apenas que dois norte-americanos e um «empregado dos EUA» tinham morrido num incidente no leste do Afeganistão na sexta-feira, sem adiantar outros pormenores sobre o caso.
Redação / HB