O governo norte-americano corrigiu esta sexta-feira a informação sobre os ataques junto ao aeroporto de Cabul, no Afeganistão: afinal, terá havido apenas uma explosão na quinta-feira, perto de uma das entradas (Abbey Gate) do Aeroporto Internacional Hamid Karzai.

Até agora, o número total ascende a 170 mortos, entre os quais soldados norte-americanos, e há pelo menos 150 feridos, disse uma fonte próxima dos líderes talibãs, citada pela agência Efe a coberto do anonimato.

Inicialmente, o Pentágono adiantou de que se trataria de um duplo ataque - junto ao aeroporto e perto de um hotel nas proximidades.

A informação foi esta sexta-feira corrigida pelo major-general William Taylor, vice-diretor para operações regionais no estado-maior americano.

Posso confirmar que não acreditamos que houve uma segunda explosão perto ou no Hotel Baron, foi apenas um bombista suicida", esclareceu.

Rafaela Laja