Um casal sul-africano foi detido no domingo, no dia do casamento, por ter decidido avançar com a cerimónia apesar das rígidas leis de confinamento obrigatório impostas no país.

Segundo a BBC, a polícia foi avisada sobre a realização da cerimónia e dirigiu-se ao local, em KwaZulu-Natal, tendo detido não só os noivos como também o pastor que celebrara o casamento e os 40 convidados.  Todos foram levados para uma esquadra nos arredores de Richards Bay e deverão conhecer a acusação esta segunda-feira.

 

Vídeos do momento em que o noivo auxilia a noiva a entrar para a carrinha da polícia, ajudando-a com a cauda do vestido, foram amplamente divulgados nas redes sociais.

A África do Sul tem nesta altura 1.655 casos confirmados de Covid-19 e 11 óbitos confirmados, estando na segunda semana de confinamento obrigatório. São permitidas apenas deslocações essenciais e as saídas para comprar álcool ou cigarros,  por exemplo, foram proibidas

/ BC