A rainha Shiyiwe Mantfombi Dlamini Zulu de 65 anos, regente e viúva do rei Zulu na África do Sul,  faleceu repentinamente, esta quinta-feira.

A família real sul-africana anunciou a morte da monarca apenas um mês depois de se ter assumido o trono, a 24 de março.

Shiyiwe Mantfombi Dlamini deu entrada no hospital após ter sofrido uma doença súbita que não foi especificada.

Mantfombi Dlamini assumiu o trono após a morte do marido, o rei Goodwill Zwelithini, que morreu aos 72 anos, num hospital sul-africano, após ter sofrido complicações de saúde relacionadas com a diabetes.

Mangosuthu Buthelezi, primeiro-ministro da monarquia zulu, confessou a família real está “totalmente desolada”.

É com o mais profundo choque e angustia que a família real anuncia o falecimento inesperado de sua majestade a Rainha Shiyiwe Mantfombi Dlamini Zulu, Regente da Nação Zulu", disse o príncipe Mangosuthu Buthelezi, o primeiro-ministro, em um comunicado.

Nuno Mandeiro