Depois de 37 anos, voltou a nevar no deserto do Saara. O fenómeno, que tinha acontecido pela última vez em 1979, ocorreu na cidade argelina Ain Sefra, a 19 de dezembro.

A cidade, que é conhecida como a porta de entrada para o deserto, foi surpreendida por uma tempestade de neve que cobriu as habitações e, consequentemente, as dunas de areia do deserto africano.

O momento foi registado pelo fotógrafo amador Karim Bouchetata, que partilhou as fotografias no Facebook.

Nas fotografias, consegue ver as dunas de areia cobertas de neve, algumas gotas de água e até mesmo a neve a derreter-se. O fenómeno durou apenas um dia, mas foi tempo suficiente para o fotógrafo imortalizar o momento.

O deserto do Saara ocupa a maior parte do Norte de África, cerca de 9 milhões de quilómetros quadrados, e é o deserto mais quente do mundo, chegando a atingir temperaturas superiores a 50 graus Celsius.