As Nações Unidas convocaram uma reunião de emergência para o dia 25 de Julho para discutir a resposta à situação de fome que foi declarada em partes da Somália.

Anos de seca em várias zonas do Leste africano estão a gerar graves problemas humanitários em vários países na região. Na Somália, duas regiões enfrentam a maior crise alimentar dos últimos 20 anos, com 3,7 milhões de pessoas em risco.

A realização da reunião foi convocada pela França, que preside actualmente aos grupo do G20, de que fazem parte as economias mais desenvolvidas do planeta.

O encontro vai realizar-se em Roma, na sede da Organização para a Agricultura e Alimentação das Nações Unidas, e deverão participar ministro ou altos representantes dos 191 países membros.
Redação