O homem que em outubro pontapeou uma mulher pelas costas no metro de Berlim, atirando-a escadas abaixo, terá fugido para o estrangeiro, A informação está a ser avançada pela imprensa alemã, depois de o suspeito ter sido identificado.

Segundo o jornal alemão Bild, o suspeito, que é búlgaro, ter-se-á refugiado na sua terra natal.

O Ministério Público de Berlim já terá emitido um mandato de detenção.

Ainda segundo a imprensa, um dos cúmplices do agressor, que já tinha sido interrogado pela polícia, teve de ser libertado, uma vez que não haviam provas que justificassem a sua detenção. Contudo, terá sido através deste amigo que as autoridades conseguiram identificar o principal suspeito.

O ataque aconteceu em outubro na estação de Hermannstrasse, no bairro de Neukölln, e foi captado pelas câmaras de segurança. O vídeo foi divulgado pela polícia na semana passada e gerou uma onda de indignação.

Nas imagens, um homem com um casaco preto e um boné pontapeia a mulher nas costas, projetando-a escadas abaixo. O responsável e os amigos deixaram o local sem prestar apoio à vítima.

A mulher de 26 anos, que caiu de forma violenta no chão, acabou por ser levada para o hospital com um braço partido.

As autoridades acreditam que o crime tenha sido cometido de forma gratuita, sem qualquer motivação.

Tomásia Sousa