"A segurança nuclear é uma questão grave (que existe) há longa data. É uma ameaça real em todos os países onde as substâncias nucleares estão ao alcance dos terroristas", declarou Amano, durante uma visita às Filipinas onde participa numa conferência sobre energia atómica.