A companhia aérea, por meio de diversas publicações no Twitter, informou que após uma busca de segurança completa chegou-se à conclusão que o incidente tratou-se um “falso alarme”.  s autoridades locais estão a inspecionar o avião para verificar o que aconteceu.

em 13 de novembro, que causou 130 mortos