O grupo extremista Estado Islâmico (EI) confirmou hoje a morte do seu líder, Abu Bakr Al-Baghdadi, morto no domingo durante uma operação conduzida pelos Estados Unidos no norte da Síria, bem como anunciou a nomeação de um sucessor.

Numa mensagem de áudio, citada pelas agências internacionais, os ‘jihadistas’ anunciam que Abu Ibrahim Al-Hachimi Al-Qourachi será o sucessor de Al-Baghdadi na liderança do EI.

Ó muçulmanos, Ó mujahideen [combatentes], soldados do EI (…), nós choramos o comandante dos crentes Abu Bakr Al-Baghdadi”, refere o grupo extremista na mensagem.

/ BC