O parque Gorlitzer, em Berlim, decidiu criar zonas específicas para o tráfico de droga. A medida surge na sequência de várias tentativas falhadas para tirar os traficantes da zona. A esperança da direção do parque é que os traficantes e o resto da população não entrem em contacto. As áreas demarcadas a cor-de-rosa estão assinaladas para o efeito.

O parque situa-se no distrito de Kreuzberg, uma zona frequentada por estudantes e jovens. A presidente do distrito, Monika Herrmann, já se distanciou da medida, afirmando que “esta não é uma proposta do distrito”. A administração do distrito recusa a ideia de que a medida legitima o comércio de drogas, mas afirmou que não concorda que esta seja uma forma adequada de lidar com o problema. O diretor do parque, Cengiz Dermici, defendeu que a medida não visa a legalização das drogas, mas sim a segurança da população.

Responsáveis da polícia alemã também criticaram a medida, dizendo que os políticos terão que decidir qual o tipo de parque que pretendem para Kreuzberg, entre uma zona sem atividades criminosas ou uma área em que as crianças vêem pessoas a consumir drogas. As autoridades estão a ver a decisão como uma intromissão no trabalho policial. Um dos agentes da polícia federal disse que “o que é preciso para assegurar que o parque está livre de crime e drogas é uma constante presença policial e uma justiça rápida”. O vereador Andreas Geisel, responsável pela área do interior em Berlim, afirmou que “a medida não é para aplicar pelo resto da cidade”.

Esta medida é um convite para quebrar a lei”, disse Burkard Dregger, deputado nacional pela CDU, o partido de Angela Merkel

 

O parque Gorlitzer é, desde há muito tempo, um local referenciado pelo tráfico de droga. Em 2015 foi declarada tolerância zero para a comercialização e posse de droga no local, mas o problema persiste até hoje, o que levou a direção do parque a tomar a polémica iniciativa.

Demirci afirma que muitos dos traficantes são de nacionalidade estrangeira e que não lhes é permitido arranjar um trabalho legal, pelo que encontram no tráfico de droga uma forma de ganhar dinheiro. A proposta do diretor do parque é que se encontrem soluções para dar a estes imigrantes uma forma honesta de trabalhar.

Recorde-se que o tráfico de droga é considerado crime na Alemanha.