Caminhava na Avenida da Estação de Almería, na Andaluzia, e foi, como habitualmente, procurar coisas no lixo. Abdelfarid Nouami, na sua vida de sem-abrigo, fez o que muitas pessoas que não passam pelas necessidades que ele passa provavelmente não fariam: encontrou uma carteira com 300 euros e... devolveu-a.

A rádio espanhola Cadena Ser escreve que o homem, de 49 anos, contou com naturalidade o que o levou a agir assim, no fim de semana passado:

Estava à procura de coisas nos contentores do lixo. Quando cheguei ao albergue, ao revistar a roupa encontrei a carteira com documentação pelo meio. Não podia ficar com ela, o dinheiro não era meu.".

Dentro da carteira, para além do dinheiro, estava um cartão de crédito do Banesto, o documento de identificação do proprietário, um bilhete da lotaria. É o que consta no auto da polícia, onde foi deixar o que encontrou e onde explicou o que se passou, no castelhano que conseguiu - é marroquino, de Nador.

As autoridades chegaram ao proprietário da carteira, que a tinha perdido, logo duas horas depois da boa ação de Abdelfarid Nouami. E, como comprovou o dono, não faltava nem um euro. Abdelfarid Nouami recebeu uma pequena gratificação pelo seu gesto, que não foi divulgada com detalhe.

Tem documentos e só quer trabalho. Já trabalhou nas estufas de La Puebla de Vícar, na mesma província. Os últimos meses têm sido de miséria, mas isso não lhe rouba o coração.

Não quero fazer coisas más, porque depois voltam-se contra mim.".

Durante cinco meses, andou a dormir junto a multibancos e a jardins, sendo que atualmente encontra guarida no centro municipal de acolhimento de Almería. Partilha o mesmo teto com dezenas de companheiros que deambulam pelas ruas espanholas. 

O jornalista que sobre ele escreveu também para A Voz de Almería tirou uma fotografia ao momento em que este homem lê a notícia de que é protagonista: