Morreu esta quarta-feira o alpinista de escalada livre Brad Gobright, depois de uma queda de 300 metros de altura. O acidente deu-se em El Potrero Chico, no México, um local famoso para este tipo de desporto. O homem tinha 31 anos.

A acompanhar a vítima estava outro atleta, Aidan Jacobson, de 26 anos, que também caiu, mas acabou por sobreviver, ainda que tenha ficado com alguns ferimentos. A escalada livre pressupõe que o alpinista não utilize qualquer tipo de equipamento de segurança. Curiosamente, quando se deu a queda, ambos estavam a descer com o auxílio de uma corda, praticando algo semelhante ao rapel.

Veja Brad Gobright em ação. Aqui, a subir o El Capitan, uma famosa formação rochosa que fica no parque de Yosemite, nos Estados Unidos.

Segundo o Outside, as vítimas estariam a fazer simul-rapelling, uma técnica de descida em que ambos utilizam a mesma corda e utilizam o peso um do outro para contrabalançar.

Eu gritei. Ele gritou. Caí sobre a vegetação, e só me lembro de ver a sua camisola a balançar", afirmou Aidan Jacobson.

Aidan Jacobson acabou por ser amparado por alguns arbustos, o que lhe permitiu escapar apenas com algumas mazelas.

Brad Gobright tinha escalado a montanha Space Boyz no início da semana, com um grupo de mais 15 pessoas. Este é um dos pontos de escalada mais conhecidos dos Estados Unidos.

Ele seguiu todas as regras quando subimos [a Space Boyz]. Estava a esforçar-se muito para me ensinar para me ensinar algumas técnicas", afirmou Julie Anne Baxter, que estava com Brad Gobright na descida.

Assim que se soube a notícia, vários praticantes da modalidade apressaram-se a lamentar a morte de Brad Gobright.

O mundo da escalada perde uma verdadeira luz. Descansa em paz.", escreveu Alex Honnold, um dos mais conhecidos praticantes do desporto.

Um dos primeiros a reagir foi o alpinista Alex Honnold, tido por muitos como o melhor praticante da modalidade. Este desportista ficou ainda mais conhecido depois de ter vencido o Óscar de Melhor Documentário de Longa-Metragem, com o filme "Free Solo".