A menos que se faça alguma coisa rapidamente, os coalas estarão extintos no estado australiano de Nova Gales do Sul (NSW), até 2050, revela um inquérito.

A espécie tem sido devastada pela perda do seu habitat natural, por doenças e pela ocorrência de fenómenos climatéricos extremos nos últimos anos, como tempestades e incêndios.

Segundo o documento, nota a BBC, só nos incêndios mais recentes que assolaram a Austrália, estima-se que terão morrido cerca de cinco mil coalas.

No ano passado, as chamas queimaram mais de cinco milhões de hectares em todo o estado e mais de 20 por cento dos habitats dos coalas foram destruídos.

O inquérito, desenvolvido pelo parlamento, veio constatar que as estimativas pré-incêndios, que apontavam para 36 mil coalas em NSW estavam desatualizadas.

Lara Ferin