Parecem ter sido fabricadas em qualquer um programa de retoque de fotografia. Em algumas, os protagonistas assumem expressões tão humanas que é quase impossível pensarmos neles como animais irracionais.

Todas as fotografias foram distinguidas pelo Wildlife Photographer of the Year, um prémio atribuído todos os anos pelo Museu de História Natural de Londres.

Uma das grandes vencedoras foi a que captou o misto de surpresa e susto de uma marmota surpreendida por uma raposa. A fotografia foi captada pelo chinês Yongqing Bao, nas montanhas Qilian, na China, no início da primavera.

De acordo com a CNN, o fotógrafo esteve a observar o comportamento dos dois mamíferos durante muito tempo, antes de captar o momento. Ele conta que, horas antes aquela mesma marmota tinha avistado a raposa e tinha lançado o alerta para a comunidade. Então, com toda a astúcia, a raposa retirou-se e, quando a marmota julgou que o campo estava livre, acabou surpreendida pela predadora.

Material específico, lentes especiais e flashs de reflexo rápido permitiram Yongqing Bao.