A morsa Wally, que estava desaparecida há mais de três semanas, foi encontrada, no domingo, na Islândia. O animal tornou-se viral por subir a bordo e afundar vários barcos nos portos que visitou.

O animal de 800 kg tinha sido visto anteriormente na Irlanda, em França e em Espanha.

Os especialistas estavam a “começar a perder a esperança” de encontrarem a morsa, até que a Seal Rescue Ireland, uma instituição que resgata e reabilita animais, afirmou que o animal foi visto na Islândia.

Wally foi identificado pelas cicatrizes nas suas duas barbatanas dianteiras.

Após compararmos fotografias, foi confirmado que este é o Wally. Repare nas cicatrizes semelhantes na frente de ambas as barbatanas dianteiras na segunda imagem", afirmou a Seal Rescue Ireland, na rede social Facebook.

A morsa terá viajado mais de 900 km desde da sua última localização conhecida, em Cork, na Irlanda.

Estamos absolutamente radiantes por ele estar vivo e a caminho de casa, no Ártico. Graças à sua capacidade de se alimentar e descansar, ele conseguiu fazer um longo percurso e em breve irá encontrar-se com sua própria espécie", expressou a instituição.

O avistamento de Wally em Cork foi um acontecimento raro, já que, segundo o Irish Whale and Dolphin Group, apenas duas outras aparições de morsas foram registadas na Irlanda desde 1999.

Redação / IC