Um menino de sete anos pediu ao Royal Mail, os serviços postais do Reino Unido, que entregasse um postal de aniversário ao pai que morreu há quatro anos e acabou por acontecer algo com que não contava: recebeu uma resposta. Um funcionário dos correios decidiu atender o pedido da criança, num gesto que está a encantar os internautas.

Jase Hyndman e a irmã, Neive, de dez anos, assinalam todos os anos o aniversário do pai, James Hyndman, desde que morreu em 2014 com apenas 28 anos. Este ano, o menino decidiu fazer algo diferente e enviou uma carta ao pai, com um pedido especial endereçado ao carteiro.

O menino pediu ao carteiro para entregar um cartão de aniversário ao pai que está “no céu” porque "todos todos devem receber um cartão no dia do aniversário, mesmo que não recebam um presente", contou a mãe da criança, Teri Copland, ao jornal Huffington Post.

No envelope da carta, o menino escreveu: “Senhor carteiro, pode entregar isto no céu para o aniversário do meu pai? Obrigado.”

De acordo com o Huffington Post, Jase Hyndman enviou a carta há algumas semanas e a resposta chegou na quarta-feira, também em carta. O documento, escrito por um dos carteiros, vinha assinado pelo Royal Mail, e nele assegurava-se que a carta de Jase tinha chegado ao destino e tinha sido entregue em segurança.

Querido Jase, enquanto entregávamos a tua carta deparámo-nos com algumas dificuldades. Por isso, gostava de aproveitar esta oportunidade para te contar como conseguimos entregar a carta ao teu pai, que está no céu. Foi um desafio difícil o de ter de evitar as estrelas e outros objetos galáticos no percurso até ao céu. Apesar de tudo, asseguramos-te que este importante postal foi entregue. A prioridade do Royal Mail é entregar as cartas dos nossos clientes de forma segura e eu sei o quão importante era esta carta para ti", escreveu Sean Milligan, gerente do departamento de entregas do Royal Mail.

Teri Copland, a mãe das duas crianças, partilhou no Facebook a carta assinada por Sean Milligan, agradeceu o gesto e revelou que o filho ficou muito emocionado.

Realmente não consigo dizer o quão emocionado Jase ficou ao saber que o pai recebera a carta. Poderiam ter simplesmente ignorado, mas o facto de terem feito este esforço por um menino que não conhecem é uma coisa tão adorável, que acabou de restaurar a minha fé na Humanidade. E obrigada, honestamente, isto significa o mundo para ele. Por favor, partilhem isto para que todos os funcionários do Royal Mail possam saber o quão gratos estamos.”

Em entrevista ao Huffington Post, a direção do Royal Mail revelou que a carta de Jase Hyndman os “tocou muito".

Estamos muito orgulhosos de Sean pela resposta que deu mais conforto ao Jase e à sua família. Era a única coisa que podeíamos fazer para que Jase soubesse que a carta não tinha sido ignorada.”

O 'post' de Teri Copland no Facebook já foi partilhada mais de 250 mil vezes e tem até agora quase 50 mil comentários, que classificam a atitude do funcionário dos correios britânicos como “bonita” e “amorosa”.